Notice: Undefined variable: this in /var/www/vhosts/jocelicoan.com.br/httpdocs/cake/libs/set.php on line 650 Brasil x Alemanha, na Copa das Copas - Joceli Coan Ir direto para o Conteúdo

Joceli Coan

Coan


Brasil x Alemanha, na Copa das Copas

Brasil x Alemanha, na Copa das Copas.


Joceli Coan


O resultado em campo, pode ter sido fora dos padrões normais até então.
Vamos ampliar o leque de análise dos cenários que o Brasil está passando e vamos procurar entender por que chegamos a este ponto.
Produtividade dos alemães: Necessitamos de 14 trabalhadores para produzir o que 1 alemão produz. O pais foi destruído em 1914, e 1944, por loucuras que conhecemos.
A recuperação do país, se deu pelo fato do povo, ser ordeiro, disciplinado, alta escolaridade e também alta espiritualidade, com uma forte dose de humildade e sincronismo social, entre estado e cidadão.
Qualquer pessoa, mesmo descrente, sobre espiritualidade e energia, que circula em nossa volta, percebem claramente que o ambiente atual do pais está contra estar forças e leis, que regem o universo.
Alguns ditos líderes, sem preparo, estão provocando energias e sinergias contrários, as forças das leis universais, que poderiam serem canalizadas, somente a um caminho.
Atualmente os mais jovens não conseguem distinguir, o que é certo e o que é errado, em determinados momentos, causando mal estar na sociedade. Viram pessoas de fácil manipulação e alienação, sendo usados para enfrentar o status quo de boa sociabilidade.
A justiça contraditória, benevolente com pessoas que deveriam estar presas em detrimento as pessoas de bem.
Quem provoca energia de elevação moral, espiritual está ficando sem força e a sociedade começa a ser desintegrada naturalmente.
As pessoas trabalhadoras, honestas, descente, estão descrentes e de baixa auto- genia, provando correntes antagônicas com os poderes constituídos. Nestas circunstancias existem o desequilíbrio e confronto social, deixando as pessoas de baixa auto-estima.
As empresas, quando acontecem estes cenários, começam a perceber queda nas vendas em determinados seguimentos de mercado, de produtos e de tecnologias.
Os jogadores da seleção brasileira são vitimas destas circunstancias, provocada pelos lideres sem coerência da realidade, impondo uma ruptura social.
A Alemanha, pais com disciplina, harmônica, onde todos se respeitam e respeitam as leis, o judiciário, defende a constituição sem envolvimento politico, e os políticos éticos que trabalham para o bem da sociedade.
O Brasil, sabemos como funciona, o judiciário, os políticos e o executivo. Estes, sincronizados roubando o povo e o povo lutando contra estes senhores instalados nestes 3 poderes. Efeito, ruptura e desintegração social.
Na Alemanha, para sair da pobreza, só existem duas formas: Estudo e Trabalho.
No Brasil o ex-presidente, ao tomar posse, orgulhou-se de comandar o pais, sem ter passado por uma universidade, na frente dos ministros do SFT. Não é este que está aí.
O futebol brasileiro é o reflexo da corrupção e desmando no Brasil. Times quebrados, endividados, prometendo que vão pagar salários fora de padrões éticos, nos contratos, mas, na realidade ficam devendo por anos e os jogadores se quiserem receber terão que procurar a justiça para tentar cobrar algumas coisa.
Brasil, pais sem disciplina, onde a malandragem impera no país. Até o juiz japonês, foi iludido, enganado, com a malandragem do Fred, na primeira partida. Não avisaram que estava no país da bolsa esmola. Plataforma de governo é a bolsa esmola.
Brasileiro. Os jogadores são vitimas do modelo de gestão que pais está adotando. Malandragem. Modelo cubano de ser e viver. Vamos agir e reagir para não ficar tarde e a bandidagem não tomar conta do estado em definitivo. Sabemos quem são os lideres e como agem. Agora chegou a vez dos honestos e de boas intenções agirem e vamos a luta. Outubro, temos outra copa e vamos votar e bem. Esta sim será a copa das copas.
Para mim, o futebol virou uma ciência, e os alemães sabem fazer muito bem isso. O passado era habilidade individual. Hoje é coletivo. O Brasil, era Neymar e mais 10. A Alemanha, são 40 no grupo, incluído, o roupeiro e comissão técnica, somando os 80 milhões que realmente torciam para serem vencedores.
E o brasileiro?
Agora o que fazer? Rever os modelos de gestão do pais, que afetará a CBF, os clubes, os partidos políticos, os gestores o estado, o cidadão e somente assim, voltaremos a ser vencedores novamente, mas levaremos anos, para que isso possa ocorrer.
Para mim, com trabalho, estudo e sincronismo entre o povo, governo, judiciário e legislativo, podemos começar a colocar o pais novamente nos trilhos. Mas antes, devemos mudar os líderes atuais que estão destruindo o país e a sociedade brasileira.

Não necessitamos importar modelos de gestão para a sociedade brasileira, de países onde o povo é reprimido, que passa fome, índice de prostituição elevado, povo tentado fugir de barcos sem segurança e nenhuma certeza que chegará no destino tão sonhado de liberdade.
É este pais que queremos?
Quando?
Outubro de 2014, será a data da copa das copas.


Joceli Coan. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento BURN