Notice: Undefined variable: this in /var/www/vhosts/jocelicoan.com.br/httpdocs/cake/libs/set.php on line 650 Cabala e o Respeito ao Próximo - Joceli Coan Ir direto para o Conteúdo

Joceli Coan

Coan


Cabala e o Respeito ao Próximo

Cabala e o Respeito ao Próximo


Joceli Coan


Vemos em alguns lugares no mundo, parecendo que as pessoas estão regredindo na evolução natural do ser humano.
A discordância religiosa, o radicalismo, a dificuldade de aceitar a perda de poder constituído temporariamente, querendo mudar as regras do jogo para beneficio próprio para continuar e se perpetuar no comando das ações sociais.
A evolução do conhecimento, pouco ou nada está refletindo na melhor aceitação do antagônico. Isto significa que a espiritualidade para alguns, está desassociada do conhecimento. Alguns podem ser inteligentes com baixo grau de espiritualidade. Outras, baixo conhecimento com alta espiritualidade.
Estamos assistindo no Brasil, uma ruptura social que poderá ser perigosa, e se os agentes que comandam o país, não forem sensatos, mais centrados, aceitando o antagônico, podemos evoluir para criar clima de ódio e rancor entre os brasileiros.
Vemos pessoas mal preparadas, sem espiritualidade e sem conhecimento para comandar o país, tão complexo como o nosso e que não aceitam o antagônico, o diferente de seus pensamentos.
Só é valido o seu lado, seu ponto de vista, sem perceber que pessoas na individualidade, todas são diferentes, desde sua essência e origem da vida.
As causas destas contingências, geram desconfiança, mal estar e posicionamentos distorcidos com as regras estabelecidas para a coletividade.
Como somos um país democrático, cristão na sua formação, mudar estes cenários como estamos vendo, em alguns ensaios, estamos criando, algumas rupturas perigosas entre a sociedade de uma maneira geral.
Na Cabala, nos diz que temos três alicerces em nossa vida.
O lado esquerdo, a Severidade, que quando for necessário devemos ser rígidos em nossas ações para evitar a perda de controle de nossa vida e da coletividade. Na sociedade, para mim, também deve ser igual.
Quando alguém, faz algo fora da lei, deve ser julgado com severidade com base em seus atos praticados na individualidade como para a coletividade.
Alguns países, estas pessoas são executas, quando houver casos de corrupção, como foi o caso do Irã, que eliminou o empresário mais rico de seu país juntamente com seus principais assessores por estarem envolvidos em desvios de recursos públicos.
No Japão, o corrupto ao ser descoberto dá um tiro na própria nuca de vergonha.
E o Brasileiro o que faz? Campanha para arrecadar recursos para pagar a multa que um condenado do mensalão obteve em seu julgamento. O corrupto, estamos sendo complacentes com suas ações distorcidas da realidade. Que modelo social, estamos passando aos jovens? Daqui a pouco não saberão os limites e o que é certo e ou errado.
No Brasil, na minha opinião, está faltando severidade na causa pública.
O lado direito, está a compaixão. Sejamos complacentes com os injustiçados, com os que trabalham e pagam impostos em detrimento a outros que pouco ou nada produzem, por achar que o estado é responsável pelo seu sustento. Já imaginou se todos pensassem assim?
Ao centro, o equilíbrio. Em determinado momento de nossa vida, mesmo as coisas saindo em contradição aos nossos desejos e para evitar ferir os princípios, as regras e as leis estabelecidas, devemos nos manter serenos e centrados.
Estas contingências, significa que utilizando as três variáveis, Severidade, Compaixão e Equilíbrio, estaremos evoluindo, em conhecimento, mas principalmente em espiritualidade.
Será que os políticos brasileiros e os comandantes atuais estão utilizando estes princípios?
Caso contrário, problemas a vista, para a individualidade e muito mais para a sociedade, principalmente se estas pessoas/políticos tem grande influência social.
Qual o grau de conhecimento/sabedoria e espiritualidade tem cada politico que comando o país?
A resposta a estas perguntas é com você.
Eu pessoalmente estou muito preocupado.


Joceli Coan. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento BURN