Notice: Undefined variable: this in /var/www/vhosts/jocelicoan.com.br/httpdocs/cake/libs/set.php on line 650 Que país é este? - Joceli Coan Ir direto para o Conteúdo

Joceli Coan

Coan


Que país é este?

Que país é este?

Joceli Coan

Brasil.

Para alguns, os indicadores estão indo muito bem. Para outros, estamos indo para um caminho perigoso e sem volta. A ex União Soviética, levou 70 anos para evoluir, modernizar e se desintegrar. Cuba, sobreviveu a revolução de Fidel Castro, as custas da ex URSS, oportunizada pela Guerra fria, e agora com 100.000 barris de petróleo enviado pelo amigo ex Chaves da Venezuela. Como gostam de esmolas.

O único indicador favorável para mim, é o nível de emprego, aumentando o poder de consumo do Brasileiro.

Aliado a falta de recursos para modernização do parque fabril, a produtividade do país é muito baixa, faltando competividade, comparando com as empresas dos países desenvolvidos. Estes por sua vez passando por dificuldades enormes mesmo com os custos do estado baixo.

Imaginamos o Brasil daqui a 20 anos. Custo do estado nestes patamares. População de idosos em grande percentual, um congresso com mais de 500 deputados federais e 80 senadores, com 12.000 empregados no legislativo federal de Brasília.. Imaginamos uma empresa com este perfil. Quebra em poucos dias. Uma nova Grécia no futuro, se nada for feita desde já.

O pais com vocação paternalista, um estado ineficiente e sem rumo, a modernização em todos os sentidos está longe de virar realidade. Falta capacidade de executar projetos e os “lideres,” indicados por políticos com competência duvidosa.

Algumas instituições públicas dominadas por pessoas sem preparo, sem autonomia e sem comprometimento com as causas das necessidades da sociedade. O atendimento básico do balcão, é um verdadeiro caus. Esquecem que são funcionários do povo e deveriam tratar dentro de humanização alicerçados em princípios éticos e de boa convivência. Funcionários de caras amarradas, mal humorados, parecendo que estão constantemente de mal com a vida.

Modelos sociais sem valor ético, começando pelo legislativo que formam
conchaves eleitoreiros, com o executivo e o judiciário ficando refém de leis ultrapassadas e incoerente com a realidade atual, definidas por um congresso pouco coerente com as necessidades sociais.

Vimos a dias atrás o Presidente do Supremo Federal, mais alta corte do pais, dando uma demonstração de como deveríamos administrar o país nesta época, onde emperra o fisiologismo escancarado em todas os poderes constituídos.

Vimos e ouvimos, deputados, OAB, juristas, criticando a postura do Presidente do Supremo Tribunal, que para mim, deveriam estar elogiando sua postura de responsabilidade de legislar em favor do povo, doa a quem doer. Simpático no meio em que ele se encontra para pessoas de bem é um tanto complicado.
Esqueceram que estava vendo e observando a ilegalidade da instalação e a imoralidade de novos tribunais, autênticos cabide de empregos com salários altíssimos e que sociedade não tem com arcar mais custo para manter o estado. Temos que exigir maior produtividade e não mais funcionários públicos e com leis mais claras criadas pelo congresso.

Este nobres desembargadores, OAB, Deputados, que foram defender a criação destes tribunais, esqueceram de alguns detalhes: quem vai pagar a conta dos novos funcionários e qual o custo para o estado?
Quanto cada cidadão vai pagar para manter estes tribunais? O que, e como vai melhorar o atendimento a sociedade com leis ultrapassadas?

Será que os congressistas antes de criticar o Presidente do Tribunal, por que não mudam as leis atuais, para mais claras, legislando em favor do povo, com leis rápidas para decidir nos tribunais atuais? Por que tantos recursos em várias esferas? Falta produtividade e não mão de obra.

Eu sei, você sabe, nós sabemos. Para beneficiar os mal intencionados, demorando e beneficiando os que deveriam estar presos.

Temos exemplo do Mensalão. A mais alta Corte, condenou e ainda tem prazo e formas de recorrer antes de irem para a prisão.

Precisamos mais produtividade e não mais cargos e pessoas para analisar leis ultrapassadas e incoerentes que só favorecem os espertalhões deste país.

Quem entrava o país, são leis criadas por alguns senhores bem posicionadas e mal intencionados, esquecendo que leis são criadas para décadas, esquecem estes legisladores, que serão beneficiados por alguns anos e depois terão os mesmos destinos de todos os mortais. Seus descendentes familiares pagarão a conta pelos decisões de seus antepassados políticos. Só pensam em si, o resto que se danem. No entanto, as leis continuam a vigorar e a conta quem paga é a sociedade por décadas, até ser trocadas novamente. Quando o são.

Presidente Joaquim Barbosa, parabéns pela coragem. A presidenta Dilma, deveria seguir seu exemplo, mas está comprometido com 39 ministérios, aliás, 40, criou mais um semana passada, com mais de 20 partidos políticos parasitas que rendem votos de cidadão sem modelo social.

Neste caso, também somos iguais. Vendem seus votos por uma migalha que gastam a propina no outro dia e alguns políticos nada fazem por que pagaram para receber o voto.

Quando a sociedade vai as ruas se manifestar e apoiar o Nosso Ministro e Presidente do Supremo Tribunal Federal?
Até quando os empresários vão ficar batendo palmas aos políticos que pouco e ou nada fazem pela modernização do país?
Está na hora de reagir... 


Joceli Coan. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento BURN